VANTAGENS E DESVANTAGENS DE MOUSE COM E SEM FIO

Atualmente para a maioria dos consumidores o mouse sem fio tem sido uma preferência. Já em comparação ao mouse com fio, qual escolher? Qual tem o melhor custo-benefício? No texto a seguir, apontamos diferenças entre o mouse com fio e o mouse sem fio que podem ajudar na hora de fazer sua compra.

DESEMPENHO

É comum ouvirmos dizer que os mouses com fio são mais eficientes no tempo de resposta se comparados ao mouse sem fio. No entanto, essa ideia se aplica apenas aos modelos de baixo custo. Para os modelos de média e alta qualidade, ou seja, modelos com número de DPI igual ou superior a mil, não haverá diferença significativa no tempo de resposta.

PRATICIDADE

Quanto a praticidade, o mouse sem fio possui vantagem. A razão é óbvia: com ausência do fio, o transporte é facilitado e o espaço ocupado, menor. Além disso, se for muito manipulado, o mouse com fio pode ser danificado facilmente, uma vez que seu cabo fica permanentemente exposto. Por isso, se você busca praticidade, o mouse sem fio, sem dúvidas, é a melhor escolha.

FONTE DE ENERGIA

O mouse com fio desfruta de uma vantagem: sua fonte de energia é constante, uma vez que ele estará conectado via cabo no computador ou notebook. Sendo assim, com esse tipo de mouse você jamais terá qualquer preocupação com pilhas ou baterias. Outra preocupação, de quem usa mouse sem fio, reside na atenção que se deve dar ao seu consumo da pilha e da bateria. Quando estas ficam fracas, o mouse sem fio passa a não responder aos comandos satisfatoriamente. Essa situação, sobretudo para usuários gamers, é prejudicial.

QUAL ESCOLHER?

A escolha por um mouse com ou sem fio depende, portanto, da função que o equipamento cumprirá em seu dia a dia. Além disso, a certificação de que o periférico atenderá suas expectativas é fundamental, evitando que, tempos mais tarde, você se arrependa do investimento realizado.


RAMON BRANDÃO

Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo. Hoje é doutorando em Ética e Filosofia Política pela Universidade Federal de Goiás e autor convidado do Vamos Escrever para a KROSS.

Share:

Join the discussionSHARE YOUR THOUGHTS